A quem enviarei?

Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui. Envia-me a mim. ISAIAS 6:8

Estamos vivendo a grande expectativa da volta de Cristo. Para nós, deve ser um tempo de maior reflexão: estamos ou não totalmente engajados na grande Missão? A cada dia o Espírito Santo move-se sobre o Corpo de Cristo trazendo-lhe um sentimento de prontidão e urgência quanto a obra de evangelização aos povos não alcançados.

 O Projeto Junto a Missões (PROJUMI) é mais uma porta aberta que unida ao Corpo de Cristo, tem o propósio de reforçar, despertar e sustentar a mobilização missionária da igreja brasileira.

 De todos os lugares tem se ouvido da urgente necessidade de obreiros para a seara e muitos dos que necessitam abrem-se para obreiros brasileiros. Mas na maioria dos casos temos sido notificados que mutios desses obreiros não conseguem atravessar nossas fronteiras ou ainda que os que lá estão retornam ao país de orígem, por motivos que se intercalam: ora por ausência e restrições financeiras, ora por falta de total cobertura de oração.

Alguém disse: “Quem tem um batalhão de intercessores atrás de si pode ir ao campo certo da vitória”. O apoio na intercessão é imprescindível ao sucesso de qualquer empreendimento espiritual, mas também de igual modo o apoio financeiro.

Envolver-se financeiramente com missões é mais que apoiar um obreiro, é estar com “a mão no arado” no cumprimento do ide de Jesus, apressando assim a Sua volta. Você é parte dessa obra.! Venha por as mãos no arado! Junte-se a nós, pois a seara é realmene grande!.

Quantas vezes nos questionamos acerca de coisas que gostaríamos de fazer e não temos uma motivação ou alguém que nos dê um estímulo para começar. Em função disto, aproveitamos o tema: Voluntariado – Serviço Prestativo, que certamente nos ajudará a pensar e aplicá-lo tanto na busca de maior utilidade a outros e também para a nossa própria vida: Foto: Missão India.

” Um objetivo é algo que desejo e que posso controlar. Um desejo é algo que quero, mas não posso controlar.
Posso ser responsável apenas por aquilo que sou capaz de controlar.” Linda Dillow

As palavras “Eis-me aqui, envia-me a mim” Is.1:6-8 são o lema do voluntário. O livro de Neemias pode ser considerado o manual do voluntário. Ao reconstruir os muros de Jerusalém, Neemias demonstrou os seguintes princípios de um voluntariado divinamente inspirado e altamente eficaz:

– 1. Identifique um projeto e “vista a camisa” Ne 1:3-4;
– 2. Ore sobre o projeto Ne 1:4-11;
– 3. Determine qual é a maneira singular pela qual você pode participar do projeto Ne 1:11;
– 4. Apresente o projeto para aqueles que se encontram em posições de autoridade e consiga deles a permissão para trabalhar nele Ne 2:1-10;
– 5. Junte informações sobre o projeto Ne 2:11-16;
– 6 Faça relatórios daquilo que descobrir a fim de prestar contas e gerar interesse Ne 2:17-20;
– 7 Inspire outros a juntarem-se a sua causa Ne 2:17-18;
– 8 Organize outros para ajudá-lo a fazer o trabalho Ne 3:1-32;
– 9 Confronte a oposição diretamente e volte-se para Deus quando estiver desanimado Ne 4:1-23;
-10 Comemore o que foi realizado e dê a glória a Deus Ne 12:27-47.
Colocar-nos irrestritamente, à disposição do Trabalho do Reino é uma fonte de grande alegria e de realização de muitas obras, tão necessárias Mt. 10:8; Gal.5:13.

Ver ainda: “Vida Sacrificial” – Mq. 7;
“Serviço” – Mc. 10;
“Dons Espirituais” Rom.12
“Administração do Tempo” Sl. 33;

Missionária Elza Janoni

 

 

 

 

Anúncios



%d blogueiros gostam disto: